segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

Governo do Estado estuda medidas para acabar guerra política nos consórcios das Policlínicas e dos CEOs

Os consórcios públicos de saúde vêm causando dor de cabeça no Governo do Estado, por conta das disputas políticas existentes entre os prefeitos que compõe as regionais.

Policlínicas e Centros de Especialidades Odontológicas são equipamentos de saúde criados para melhorar o acesso da população a consultas, exames e atendimentos odontológicos, no entanto, desde o início da sua formação que os consórcios vem sendo motivos de disputas regionais entre os prefeitos cearenses.

O modelo, elogiado por especialistas, tem sido alvos de batalhas políticas entre gestores municipais pelo comando das unidades de saúde. Além disso, há ainda denúncias de mau uso dos recursos, má gestão e até cabides de empregos.

Quem conhece o sistema por dentro aponta que há, inclusive, redução da quantidade de consultas às quais a população do município tem direito porque os prefeitos são adversários políticos. Um escárnio contra a população, que mereceria das autoridades de fiscalização dos recursos públicos uma atenção especial para punição severa aos seus responsáveis. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário