quinta-feira, 28 de janeiro de 2021

Gestão do prefeito Ednaldo suspende encaminhamentos e fecha leitos do Hospital Agenor Araújo


A gestão do prefeito Ednaldo colocou em ação um plano maquiavélico para inviabilizar o funcionamento do Hospital Agenor Araújo.

A falta de encaminhamento de pacientes por parte da Secretaria de Saúde desde o dia 1º de janeiro para a unidade hospitalar demonstra que de fato, a intenção é verdadeira.

Ao não enviar pacientes para o Agenor Araújo, a Prefeitura de Iguatu constrói argumentos para cortar os recursos que o hospital recebe do governo federal.

Por sinal, a ação da gestão municipal pode ser interpretada como um crime contra a saúde pública municipal, afinal estão sendo fechados 25 leitos clínicos para pacientes Covid, além das cirurgias eletivas e internamentos menos graves.

Um absurdo!


Nenhum comentário:

Postar um comentário