segunda-feira, 30 de novembro de 2020

Vitória de Sarto provoca desabafo de Ciro contra "bolsonarismo"


O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) se manifestou sobre o resultado da eleição em Fortaleza, neste domingo (29), através das redes sociais.

Ciro declarou que a sociedade civil de Fortaleza salvou a cidade do bolsonarismo corrupto e vencido.

A delaração de Ciro, em tom de desabafo, mostra o nível da disputa e o risco político que seu grupo corria na Capital.

O pedetista também reconheceu o valor dos aliados e disse que Roberto Cláudio e Camilo lideraram a luta vitoriosa na eleição.   

sábado, 28 de novembro de 2020

Ex-deputado José Ilo recebe alta da UTI


O ex-deputado José Ilo se recupera bem no Hospital Monte Klinikum, em Fortaleza. A informação foi divulgado pelo seu filho, o deputado estadual Agenor Neto, que postou foto nas redes sociais ao lado do pai e do prefeito de Solonópole, Webston Pinheiro.

O ex-deputado estava internado na UTI desde a semana passada, apresentando um quadro de febre e infecção bacteriana. Mantido o tratamento, com a consequente melhora, ele foi transferido para um leito de enfermaria.

O deputado Agenor Neto gravou um vídeo para as redes sociais e agradeceu aos milhares de iguatuenses que se uniram em corrente de oração para o restabelecimento da saúde do Dr. José Ilo. 


sexta-feira, 27 de novembro de 2020

Governador Camilo antecipa decreto de isolamento social e nega novo lockdown


Nesta quinta-feira (26), o governador Camilo Santana (PT) anunciou que irá antecipar para esta sexta-feira (27), a publicação do decreto semanal em relação as regras de distanciamento social.

De acordo com Camilo, por conta da divulgação de informações falsas sobre um possível lockdown após as eleições, o comitê resolveu antecipar a formalização das regras. 

“Nós passamos a pandemia toda enfrentando fakenews aqui no Estado do Ceará. E continuamos enfrentando isso agora na véspera da eleição. Estão espalhando por aí que a partir de segunda-feira teria um lockdown no Ceará. Venho dizer que essa é uma informação mentirosa, que tenta confundir a população do Ceará", disse.

Projeto do vereador Antônio Baixinho prevê pagamento de auxílio financeiro para trabalhadores autônomos vítimas de acidentes


O vereador Antônio Baixinho está concluindo seu mandato na Câmara de Iguatu. Na carreira política, o parlamentar acumula três mandatos (2001-2004/2013-2016 e 2017-2020), sempre lutando para levar benefícios para sua comunidade, Vila Neuma, Vila Moura e São Gabriel.

Antônio Baixinho não foi reeleito. Seus votos não foram suficientes para que ele pudesse renovar mais um mandato no legislativo iguatuense. 

De perfil coerente, justo, honesto e pautado sempre nas causas sociais, Antônio Baixinho se despede da Câmara, mas quer deixar mais uma marca, além de tantas que ele conquistou durante seus 24 anos na vida pública.

Para tanto, apresentou na terça-feira (24) um projeto de sua autoria que dispõe sobre a autorização para a concessão de auxílio pecuniário ao trabalhador carente e autônomo, vítima de qualquer acidente. A proposta tramita na Câmara. Depende da Mesa Diretora colocar a proposta em pauta para apreciação do plenário.

Na sessão da última terça-feira, Antônio Baixinho se pronunciou e fez um breve relato da sua carreira política e da sua chegada à comunidade de Vila Neuma. O parlamentar não quis justificar sua derrota, disse apenas que lhes faltou voto. O legislativo de Iguatu não será o mesmo a partir de 2021.

  


 

domingo, 22 de novembro de 2020

OPINIÃO: Passando a limpo o resultado das eleições em Iguatu


Findo o processo eleitoral de 2020, em Iguatu, e eis que saiu como vencedor o atual prefeito, Ednaldo Lavor.

Na verdade, não foi propriamente o Ednaldo prefeito que venceu o pleito.

Venceu o pleito, antes de tudo, o alto poderio financeiro, a máquina pública usurpadora, avassaladora, sendo utilizada, sem regras e sem pudor.

Venceu o pleito, não o Ednaldo prefeito, o gestor desgastado, incompetente, e sim, uma peça de marketing, travestida de matuto, do bem, usando como adorno um chapéu de palha.

Por sinal, o estrategista está de parabéns, pois conseguiu ofuscar a imagem de um gestor que não realizou quase nada, que abandonou os mais necessitados, os desvalidos, que priorizou “corriolas” de amigos, de parentes, de políticos, de empresários que só enxergam os seus próprios interesses.

Enfim, venceu a hipocrisia, perdeu os mais necessitados. 

A política tem dessas coisas. É o jogo. 

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

ELEIÇÕES 2020: Confira a lista dos prefeitos eleitos no pleito de 15 de novembro


Com o fim da votação às 17h deste domingo, a Justiça Eleitoral já contabiliza os votos obtidos pelos candidatos a prefeitos nos 184 municípios cearenses. Em algumas cidades, já é possível saber o resultado.

Veja a lista dos prefeitos eleitos:

Abaiara - Afonso Tavares (PT)

Acarape - Edilberto (PDT)

Acaraú - Ana Flávia (PSB)

Acopiara - Antônio Almeida (MDB)

Aiuaba - Ramilson Moraes (PSD)

Alcântaras - Joaquim do Quinca (PDT)

Altaneira - Dariomar (PT)

Alto Santo - Joeni (PSD)

Amontada - Flávio Filho (PTB)

Antonina do Norte - Antonio Filho (PDT)

Apuiarés - Iris (PT)  

Aquiraz - Dr. Bruno Gonçalves (PL)

Aracati - Bismarck Maia (PTB)

Aracoiaba - Thiago Campelo (PDT)

Ararendá - Dr. Alexandre Felix (PT) 

Araripe - Cícero de Deus (PDT)

Aratuba - Joerly Vitor (Republicanos)

Arneiroz - Monteiro Filho (MDB)

Assaré - Liborio (PDT)

Aurora - Marcone Tavares (PSD)

Baixio - Zé Humberto (PDT)

Banabuiú - Edinho Nobre (PDT)

Barbalha - Dr. Guilherme (PDT)

Barreira - Dra. Auxiliadora (PSD)

Barro - Dr. Marquinélio (PSD)

Barroquinha - Jaime Veras (PDT)

Baturité - Herberlh Mota (PL)

Beberibe - Michele Queiroz (PL)

Bela Cruz - Netim Morais (PDT)

Boa Viagem - Regis (Solidariedade)

Brejo Santo - Gislaine Landim (PDT)

Camocim - Betinha (PDT)

Campos Sales - João Luiz (PDT)

Canindé - Rozário Ximenes (DEM)

Capistrano - Junior Saraiva (PSD)

Caridade - Simone Tavares (PDT)

Cariré - Antonio Martins (PDT)

Caririaçu - Edmilson Leite (PDT)

Cariús - Wilamar Palacio (PL)

Carnaubal  -Zé Weliton (PDT)

Cascavel - Tiago Ribeiro (Cidadania)

Catarina - Dr. Thiago (MDB)

Catunda - Ravenna (PDT)

Caucaia - Naumi Amorim e Vitor Valim (2º turno)

Cedro - Joãozinho de Titico (PDT)

Chaval - Sebastiãozinho (PDT)

Choró - Marcondes Jucá (PL)

Chorozinho - Dr. Júnior (PDT)

Coreaú - Edezio Sitonio (PDT)

Crateús - Marcelo Machado (Solidariedade)

Crato - Zé Ailton Brasil (PT)

Croatá - Ronilson Oliveira (MDB)

Cruz - Jonas Muniz (PSDB)

Deputado Irapuan Pinheiro - Gildecarlos (PDT

Ereré - Otoni Queiroz (PDT)

Eusébio - Dr. Acilon Gonçalves (PL)

Farias Brito - Deda (PDT)

Forquilha - Edinardo (PDT)

Fortaleza - Sarto Nogueira e Capitão Wagner (2º turno)

Fortim - Naselmo Ferreira (MDB)

Frecheirinha - Helton Luis (PDT)

General Sampaio - Chico Cordeiro (PDT)

Graça - Iraldice Mão Cheirosa (PDT)

Granja - Juliana Aldigueri (PDT)

Granjeiro - Chico Clementino (PSDB)

Groaíras - Adail Melo (PSB)

Guaiúba - Izabella Fernandes (PSB)

Guaraciaba do Norte - Adail Machado (MDB)

Guaramiranga - Roberlandia Ferreira (PDT)

Hidrolândia - Iris Martins (PDT)

Horizonte - Nezinho Farias (PDT)

Ibaretama - Elíria Queiroz (PSD)

Ibiapina - Marcão (PSB)

Ibicuitinga -  Franzé Carneiro (PDT)

Icapuí - Lacerda (PSD)

Icó - Laís Nunes (PDT)

Iguatu - Ednaldo Lavor (PSD)

Independência - Valdi Coutinho (PSD)

Ipaporanga - Amaro Pereira (PT)

Ipaumirim - Puica (PSD)

Ipu - Roberio Rufino (PC do B)

Ipueiras - Júnior do Titico (MDB)

Iracema - Celso Gomes (PT)

Irauçuba - Patrícia Barreto (PDT)

Itaiçaba - Frank Gomes (PDT)

Itaitinga - Paulo Cesar Feitosa (PL)

Itapajé - Dra. Gorete (PSD)

Itapipoca - Felipe Pinheiro (PT)

Itapiúna - Dário Coelho (MDB)

Itarema - Elizeu Monteiro (PDT)

Itatira - Zé Dival (PP)

Jaguaribara - Juju (PDT)

Jaguaribe - Alexandre de Zé Sérgio (PSD)

Jaguaretama - Glairton Cunha (PP): 926 votos (ele era o único candidato)

Jaguaruana - Roberto da Viúva (PDT)

Jardim - Dr. Aniziario Costa (PSB)

Jati - Monica Mariano (PSD)

Jijoca de Jericoacoara - Lindbergh (PSD)

Juazeiro do Norte - Glêdson Bezerra (sub-judice) (Pode)

Jucás - Edsonriva (PDT)

Lavras da Mangabeira - Ronaldo da Madeireira (PSD)

Limoeiro do Norte - Dr. Zé Maria (PSB)

Madalena - Sônia Costa (MDB)

Maracanaú - Roberto Pessoa (PSDB)

Maranguape - Átila Câmara (Solidariedade)

Marco - Roger Aguiar (PDT)

Martinópole - James Bel (PP)

Massapê - Aline Albuquerque Lora (PP)

Mauriti - Junior (PT)

Meruoca - Herton (PT)

Milagres - Figueiredo (PDT)

Milhã - Alan Macêdo (PL): 5.152 votos

Miraíma - Ednardo Filho (PL)

Missão Velha - Dr. Washington (sub-judice) (MDB)

Mombaça - Orlando Filho (MDB)

Monsenhor Tabosa - Salomão (PDT)

Morada Nova - Wanderley Nogueira (PT)

Moraújo - Áquila (PDT)

Morrinhos - Jerônimo Bradão (PT)

Mucambo - Canarinho (PDT)

Mulungu - Robert Viana (PL)

Nova Olinda - Dr. Italo (PP)

Nova Russas - Giordanna Mano (PL)

Novo Oriente - Nenen Coelho (Solidariedade)

Ocara - Amalia (PP)

Orós - Zé Rubens (PSD)

Pacajus - Bruno Figueiredo (PDT)

Pacatuba - Carlomano Marques (MDB)

Pacoti - Dr. Marcos (PT)

Pacujá - Raimundo Filho (PDT)

Palhano - Dinho do Zé do Honório (PT)

Palmácia - Davi Campos (MDB)

Paracuru - Beim (PDT)

Paraipaba - Ariana Aquino (Republicanos) 

Parambu - Romulo Noronha (Solidariedade)

Paramoti - Telvânia Braz (MDB)

Pedra Branca - Gois (sub-judice) (PSD)

Penaforte - Dr. Rafael (MDB)

Pentecoste - João Bosco (PDT)

Pereiro - Estevam (PDT)

Pindoretama - Dedé (PL)

Piquet Carneiro - Bismarck (PDT)

Pires Ferreira - Dra. Lívia (PDT)

Poranga - Carlos Antonio (PT)

Porteiras - Fábio (PTB)

Potengi - Edson Veriato (Psol)

Potiretama - Luan Dantas (PP)

Quiterianópolis - Dra. Priscila Barreto (PSD)

Quixadá - Ricardo Silveira (PSD)

Quixelô - Adil Junior (PT)

Quixeramobim - Cirilo Pimenta (PDT)

Quixeré - Toinho do Banco (PT)

Redenção - Davi Benevides (PDT)

Reriutaba - Pedro Humberto (PSB)

Russas - Savio Gurgel (PDT)

Saboeiro - Marcondes Ferraz (PDT)

Salitre - Dodo de Neoclides (Pros)

Santana do Acaraú - Meu Deus (PL)

Santana do Cariri - Dr. Samuel (DEM)

Santa Quitéria - Braguinha (PSB)

São Benedito - Saul Maciel (PDT)

São Gonçalo do Amarante - Professor Marcelão (Pros)

São João do Jaguaribe - Raimundo César (PSD)

São Luís do Curu - Chico Abreu (PC do B)

Senador Pompeu - Maurício Pinheiro (PDT)

Senador Sá - Bel Junior (sub-judice) (PP)

Sobral - Ivo Gomes (PDT)

Solonópole - Ana Vládia (PSD)

Tabuleiro do Norte - Dr. Rildson (PP)

Tamboril - Marcelo Mota (PDT)

Tarrafas - Taiano (PDT)

Tauá - Patricia Aguiar (PSD)

Tejuçuoca - Britinho (PSD)

Tianguá - Dr. Luiz (PSD)

Trairi - Gustavo (PP)

Tururu - Hilzete Marim (PSDB)

Ubajara - Renê (PDT)

Umari - Sandro Rufino (PSD)

Umirim - Felipe Uchôa (PSD)

Uruburetama - Branco do Angelim (PT)

Uruoca - Kennedy Aquino (PDT)

Varjota - Elmo Monte (PDT)

Várzea Alegre - Zé Helder (MDB)

Viçosa do Ceará - Zé Firmino (sub-judice) (MDB)

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

ELEIÇÕES 2020: Em Iguatu, Agenor Neto dispara com 51,2% das intenções de voto. Segundo colocado tem 36%


Pesquisa realizada pelo Instituto Alencar Consultoria Empresarial LTDA, registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE/CE) sob o nº CE-08403/2020, aponta o candidato a Agenor Neto (MDB) liderando a corrida eleitoral com folga no município de Iguatu.

No levantamento estimulado, que é quando os nomes dos candidatos são apresentados ao entrevistado, os números são os seguintes:

Agenor Neto (MDB): 51,2% 

Ednaldo Lavor (PSD): 36% 

Na terceira colocação aparece o Tenente Mulato (PL) com 0,8%, Mácio (Psol) com 0,8% e Dr. Samuel Alves (PTB), 0,3%. Augusto Correia (PMN) e Carlos Silva (PSTU) não pontuaram.

Brancos e nulos: 4,6%. 

Não sabe ou não respondeu: 6,3%. 

No cenário da pesquisa espontânea, o resultado foi o seguinte: Agenor Neto, 50,1%; Ednaldo Lavor 35,8%; Mácio 0,8% e Tenente Mulato 0,5%. Os demais candidatos não foram citados.

A pesquisa também perguntou em quem o eleitor não votaria de jeito nenhum para prefeito. Ednaldo Lavor tem a maior rejeição, 32,2%; Agenor Neto tem 26%; Augusto Correia tem 8,1%; Tenente Mulato 4,6%, Mácio 1,9%, Carlos Silva 1,4% e Dr. Samuel 0,8%. Não sabem ou não responderam 25%.

A pesquisa foi realizada entre os dias 7 e 9 de novembro de 2020 e ouviu 369 eleitores em Iguatu. A margem de erro é de 5% para nível de confiança de 95%.