terça-feira, 26 de maio de 2020

O milagre da pandemia em Iguatu


O estado de calamidade pública, por conta da pandemia do novo coronavírus, tem aberto "facilidades" para que gestores públicos possam contratar empresas para aquisição de produtos e ou prestação de serviços sem os devidos processos de licitação.

No município de Iguatu, administrado pelo prefeito Ednaldo Lavor, os contratos sem os devidos processos licitatórios correm soltos, e o mais interessante, em tempo hábil. Pelo menos é o que consta no Portal da Transparência.

Um dos exemplos práticos disso é a contratação feita pela Prefeitura, em tempo recorde, de uma empresa criada no dia 07/05, há 20 dias, para fornecer cabines, ou melhor, túneis de oxi-sanitização. O pagamento para a empresa "novata", inclusive, foi empenhado no dia 21 de maio, a um valor de R$ 33 mil reais. 

Um absurdo!


quarta-feira, 20 de maio de 2020

Câmara de Iguatu se reúne e aprova mais uma permuta de terreno público para atender interesses de particulares


O rolo compressor na Câmara de Iguatu atuou mais uma vez em favor da gestão municipal. Na semana passada, os vereadores da base do prefeito Ednaldo Lavor, juntamente com mais dois parlamentares da base política do ex-deputado Marcelo Sobreira, já haviam aprovado a troca de quatro terrenos na área urbana da cidade por um terreno na zona rural do município.

Além disso, mais outro projeto foi aprovado permitindo a permuta de terreno de área verde, esse pertencente ao município de Iguatu.

Na sessão plenária desta terça-feira (19), realizada por videoconferência, a mesma situação aconteceu. Doze vereadores aprovaram uma nova permuta. Dez parlamentares da base do prefeito Ednaldo Lavor e mais dois, os vereadores Mário Rodrigues e Vicente Reinaldo deram o veredicto final ao projeto.

A desculpa dos aliados do prefeito é de que o terreno vai servir para ampliar a infraestrutura da Faculdade de Medicina, faculdade essa que está na Justiça e que, certamente, não deve sair nem esse ano e nem em 2021.

Na verdade, o que se viu na atitude dos vereadores aliados do prefeito foi uma ação para beneficiar um empresário local, que está construindo o prédio para depois alugar à entidade que vai instalar os cursos na cidade.

Em tempos de pandemia, muitas coisas estranhas rondam a política de Iguatu. Vereadores que até outro dia eram ferrenhos opositores ao prefeito, agora se tornaram aliados, como é o caso dos vereadores Mário Rodrigues e Vicente Reinaldo.

O rolo compressor na Câmara turbinado pelo poder político e econômico, atuou mais uma vez em favor de interesses escusos e particulares, beneficiando empresários da cidade.

Que vergonha!

segunda-feira, 18 de maio de 2020

ESCÂNDALO: Prefeituras cearenses na mira da Polícia Federal por desvios de recursos da Covid-19


Um escândalo deve estourar junto às prefeituras cearenses com o uso do dinheiro enviado pelo governo federal para o combate ao Covid-19.

Casos e mais casos suspeitos de superfaturamento já estão sob a mira da Polícia Federal. A situação é muito grave. É dinheiro do povo que está sendo desviado para o bolso de pessoas inescrupulosas, de políticos e empresários.

São contratos realizados sem o devido processo de licitação, direcionados muitas vezes para os empresários amigos dos prefeitos.

Um dos casos que têm chamado atenção e está no portal da transparência é a compra de 5 mil kits de testes para a Covid-19, realizada pela Prefeitura de Iguatu. No contrato, o município deve pagar junto a uma distribuidora de medicamentos a quantia de R$ 945 mil reais.

Interessante é que esses mesmos kits podem ser adquiridos junto a outros fornecedores por um valor bem inferior, ou seja, R$ 750 mil, conforme pesquisa realizada na internet.

Um absurdo!

terça-feira, 12 de maio de 2020

Aposta em queda de Bolsonaro vira pó, após depoimento de ex-diretor da PF


Após seis horas de depoimento do ex-diretor-geral da Polícia Federal, foi reduzida a pó a aposta de parte do Congresso e de parte da imprensa brasileira na queda do atual governo Bolsonaro.

Em depoimento, o delegado Maurício Valeixo desmentiu o ex-ministro Sérgio Moro ao garantir que “em nenhum momento” houve manipulação ou tentativas de interferência do presidente Jair Bolsonaro na corporação que dirigiu até abril.

Valeixo também contou à PF que ficou sabendo da demissão em telefonema de Bolsonaro e não pelo Diário Oficial, como diz Moro.

Por sinal, o novato Sérgio Moro se deu mal porque não sabia que, em política, quase sempre é preciso combinar com os russos.

****
Um novo contrato para testes do coronavírus está sendo fechado pelo Governo do Estado para ter uma real noção de como está a contaminação pela Covid-19 no Ceará. O Estado é uma das regiões do país que mais têm testado sua população, ainda assim, é considerável a subnotificação dos casos.

****
O Governador do Estado Camilo Santana afirmou ontem, durante sua live para as redes sociais que vai levar para a barra dos tribunais os autores de uma série de notícias falsas sobre dados do Ceará que circulam nas redes sociais.

Segundo o governador, espalhar desinformação é crime, principalmente em tempos de pandemia, onde o foco maior deveria se concentrar no cuidar das pessoas.

****

E por falar em cuidar das pessoas, a população mais carente de Iguatu não perdoa o atual prefeito Ednaldo Lavor, que não teve sequer a sensibilidade de amenizar a situação difícil de centenas de famílias que estão passando necessidades por conta da crise do novo coronavírus.

A população até que reivindicou, implorou, usou as redes sociais, mas até agora nenhuma ação relevante por parte da gestão municipal foi feita em prol das comunidades mais carentes do município. Dinheiro tem, falta é gestão!

Uma vergonha!