quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

PDT e PT se distanciam na disputa por prefeituras


O Partido Democrático Trabalhista (PDT) espera eleger pelo menos 500 prefeitos nas eleições deste ano.

No último pleito municipal, em 2016, a legenda venceu a disputa em 300 cidades.

A previsão é do presidente do partido Carlos Lupi, que ainda afirma que o PDT está dando prioridade para as capitais e cidades com dois turnos.

Distante do PT, Lupi afirma que o PDT costura alianças com outras legendas de esquerda, como o PSB, Rede e PV.

O PDT também tem mantido conversas com o DEM para a disputa de prefeituras de capitais do Nordeste, onde o PT governa 4 estados.

Ganho de servidores estaduais em pauta

Após um período de descanso no exterior, o governador Camilo Santana retorna hoje a suas atividades, e já vai receber o secretário da saúde, Dr. Cabeto para tratar das planilhas com ascensão dos servidores estaduais.

Uma das prioridades é melhorar os ganhos para trabalhadores de nível médio que, na avaliação do governo, têm remuneração bem abaixo do ideal.

Camilo também deve avaliar o projeto de nova reestruturação dos agentes da segurança pública, que envolve policiais civis, militares e bombeiros.

As duas propostas, tanto da saúde como da segurança pública devem ser encaminhadas para a Assembleia Legislativa já no reinício dos trabalhos, em fevereiro.

Quem é o vice?

No panorama político local, não se fala em outro assunto: quem é o vice de quem.

Pelo visto, essa pergunta deve permanecer sem resposta até o prazo final para as convenções partidárias, no início de agosto.

Até lá, muito disse me disse, boatos, que muitas vezes só interessam aos seus próprios autores.



segunda-feira, 27 de janeiro de 2020

Descaso no transporte público da saúde de Iguatu


Continua repercutindo de forma negativa, nas redes sociais e em outros meios de comunicação, o caso do ônibus da Prefeitura de Iguatu que foi apreendido por estar com 3 anos sem renovar o licenciamento, além de 86 multas e uma restrição.

O veículo transportava de volta para suas residências, em Iguatu, diversos pacientes que fazem tratamento contínuo em Fortaleza, quando foi abordado pela Polícia Rodoviária e preso.

O fato causou ampla repercussão na cidade, afinal com tanto dinheiro que entra nos cofres da Prefeitura, não regularizar o ônibus estaria beirando, no mínimo a um crime por improbidade administrativa.

Afinal, são vidas de pessoas que estão em jogo. Uma vergonha!


Ex-prefeito de Iguatu Aderilo Alcântara de volta aos recursos hídricos do Estado


O ex-prefeito de Iguatu, Aderilo Alcântara assumiu nesta segunda-feira (27) o cargo de secretário executivo da Secretaria de Recursos Hídricos do Ceará - SRH.

A posse contou com a presença do titular da SRH, Francisco Teixeira, do deputado estadual Agenor Neto, do secretário adjunto Ramon Flávio, além do vereador Edson Adriano e Agenor Filho.

Aderilo já havia assumido a pasta antes, e fez um bom trabalho, tendo inclusive, coordenado projetos importantes como o Cílios do Jaguaribe e o projeto de avaliação Hidrogeológica Qualiquantitativa da Bacia Sedimentar de Iguatu.


segunda-feira, 20 de janeiro de 2020

Desgastado politicamente, prefeito de Iguatu apela para o corpo a corpo com a população


Desgastado politicamente junto à população do município, o prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, iniciou o ano fazendo movimentos junto às comunidades rurais. Segundo os próprios assessores, o prefeito tem pretensões de disputar um novo mandato e, por conta disso, iniciou suas andanças pelo interior do município.

Neste final de semana, o gestor esteve na zona rural para inaugurar um sistema de abastecimento de água. No local, para prestigiar o evento, apenas servidores com cargos comissionados da gestão. O fato foi narrado por uma internauta que, após registrar o fiasco do evento, lamentou a ausência da população.

Mesmo diante das circunstâncias, a equipe do prefeito tem mantido um esforço para jogar a imagem do gestor na mídia, criando situações, de certa forma, hilariantes. Um exemplo prático é o fato de o prefeito gravar vídeos dançando forró, e em seguida compartilhar nas redes sociais.



terça-feira, 14 de janeiro de 2020

ELEIÇÕES 2020: Vereadores de Iguatu em estado de atenção


À espera das definições sobre a formação das chapas proporcionais, vereadores da Câmara de Iguatu já se movimentam para tentar clarear um cenário deveras complicado.

A imprevisibilidade do resultado do próximo pleito, devido ao fim das coligações proporcionais, tem elevado o temor por parte de alguns parlamentares quanto ao não retorno ao legislativo municipal.

A Câmara de Iguatu, hoje, é composta por 17 vereadores. 10 compõe a base do prefeito e 7 parlamentares se dividem em dois blocos de oposição.

E pelas estimativas é muito provável que possamos ter 60% de renovação.

É o povo que está reagindo, dando o troco para os políticos que só trabalham em época de eleição.

Uma vergonha!

segunda-feira, 13 de janeiro de 2020

REBULIÇO NO PDT DE IGUATU


As evidências são fortes. O anúncio da ida da ex-deputada Mirian Sobreira para o PT provocou um tsunami nas hostes do diretório regional do Partido Democrático Trabalhista, comandado pelos irmãos Ferreira Gomes (Cid e Ciro Gomes).

Surpresas devem ocorrer num futuro próximo. As consequências seria um esvaziamento do PDT em Iguatu.

Mirian se filia ao PT no final de janeiro. O objetivo é disputar a Prefeitura de Iguatu com o apoio de Lula. Pelo menos seria essa a ideia, ainda um pouco distante.

Lembrando: Mirian disputou a Prefeitura de Iguatu duas vezes. Perdeu na primeira para o ex-prefeito Agenor Neto (12 mil votos). Em seguida foi derrotada pelo ex-prefeito Aderilo Alcântara (10 mil votos).

O jogo político em Iguatu começou. Quem viver verá.


Descaso no CAPS de Iguatu

O descaso administrativo promovido pela administração do prefeito Ednaldo Lavor levou a promotoria de Justiça de Iguatu, a solicitar, em caráter de urgência, providências quanto a real situação de abandono em que se encontra o Centro de Atenção Psicossocial da Criança e do Adolescente do município.

Falta de alvará de funcionamento junto ao Corpo de Bombeiros; falta de privacidade para os atendimentos e acessibilidade; ausência de profissionais durante a inspeção, foram alguns dos problemas encontrados pela promotoria de Justiça.

Uma vergonha!

Por meio de documento, a 3ª Promotoria solicitou, no prazo de 15 dias, a regularização dos problemas identificados durante a visita do órgão, sob pena de adoção de medidas judiciais e extrajudiciais cabíveis.

Definições para as eleições deste ano passa pela janela eleitoral

Senador Cid Gomes que fazer 100 prefeitos no CE
Em ano eleitoral, e as atenções do povo começa a se voltar para as eleições municipais, um ano em que a população vai escolher prefeito e vereadores nos mais diversos municípios do país.

Será um ano duro, conturbado, de acirramento das campanhas, do corpo a corpo entre o candidato e o eleitor.

No Ceará, os velhos caciques da política já começam a se manifestar. É o caso do senador Cid Gomes, que pediu licença do Senado para comandar as articulações até o início de abril, data em que tudo já estará definido por conta da janela eleitoral.

Por sinal, quem estiver disposto a mudar de partido sem correr o risco de perder o mandato deve aguardar a abertura da janela eleitoral, que deve acontecer no início de março.

Até lá, se destaca o jogo das especulações eleitorais. Fala-se até na saída de Camilo Santana do PT. Nos bastidores, comenta-se que Camilo estaria ingressando nos quadros do Partido Socialista Brasileiro - o PSB.



quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

PSL terá nome para disputar Prefeitura de Iguatu


Nos bastidores da política de Iguatu o clima agora é de eleições municipais. No pleito desse ano, a população de Iguatu vai eleger prefeito, vice-prefeito e mais 17 vereadores para ocupar o legislativo municipal.

Dentre as novas legendas que devem lançar nomes para disputar a prefeitura de Iguatu, está o Partido Social Liberal (PSL), legenda pela qual o presidente Bolsonaro foi eleito. A nova candidatura seria uma espécie de nome novo para animar o cenário político local.

Além do PSL, mais três candidaturas de grupos políticos veteranos devem compor o quadro de disputa no município: o deputado estadual Agenor Neto, atualmente no MDB, figura hoje como o grande favorito para retornar à Prefeitura de Iguatu, onde governou por oito anos.

Ainda na disputa, pode figurar o nome do deputado Marcos Sobreira, ex-aliado do atual prefeito Ednaldo Lavor, que também pretende disputar sua permanência no cargo por mais quatro anos, mesmo estando desgastado junto à população do município.

No cenário político de Iguatu, outros nomes podem se arriscar a entrar na disputa.

Quem viver, verá.

Camilo diz que relação com o governo Bolsonaro é "muito boa"


Após elogios do presidente Jair Bolsonaro, com quem disse ter “conversa tranquila”, o governador do estado Camilo Santana (PT) afirmou que a relação institucional entre o Governo Federal e o Ceará “tem sido muito boa, principalmente no aval de empréstimos ao Estado“.

Segundo Camilo, a expectativa é que a calmaria permaneça, embora saiba que no que diz respeito às relações partidárias, há um entrave político muito duro.

Até porque o PT, partido de Camilo, faz uma oposição sistemática ao governo Bolsonaro.



quinta-feira, 2 de janeiro de 2020

Aos poucos, o Brasil está mudando e, somente os cegos não conseguem enxergar


Chegamos enfim, a 2020. Um ano de grandes desafios, de muito disse me disse na política do país.
Um ano em que os derrotados nas eleições de 2018 torceram muito para que o governo do presidente Bolsonaro pudesse se esfarelar, se ajoelhar diante de tantos obstáculos impostos no primeiro ano de governo.

Mas os fatos estão na mesa, às claras. De um lado, um presidente de linguajar rústico, sincero, às vezes difícil de compreender. De outro, um país que ressurge no cenário econômico, com resultados positivos.

2019 também foi um ano da retomada do emprego, da criação de mais de um milhão de vagas com carreira assinada. Tudo registrado pelos órgãos oficiais do governo.

O primeiro ano do governo Bolsonaro também foi marcado pela queda dos juros, o maior da história, com quatro e meio por cento. O PIB também tem previsões de crescimento positivas e pode chegar ao percentual de 1,17%, o maior aumento desde o ano de 2013, em pleno governo Dilma Rousseff.
Ainda tem mais: o governo Bolsonaro conseguiu jogar a inflação para o chão, assim como o risco Brasil e as reformas essenciais, como a Previdência, por exemplo.

Em 2019, o país também conseguiu acordos importantes, como foi o caso do  Mercosul-União Européia, concluído nos primeiros meses do ano passado, após 20 anos de peleja.

E como se tudo isso não bastasse para os pessimistas de plantão, tem também a queda drástica nos números da violência, que deve fechar o ano com percentuais em torno de 25% nos índices de queda de homicídios no país.

Aos poucos, o Brasil está mudando e, somente os cegos não conseguem enxergar.