sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Lei que autoriza eutanásia de cachorro com calazar gera revolta e protesto em Quixelô

Prefeita Fátima Gomes (PT) sancionou a Lei
Repercute de forma negativa nas redes sociais convênio assinado pela Prefeitura de Quixelô para o abate de animais portadores de Leishmaniose, doença conhecida por calazar.

Segundo o convênio de cooperação técnica e financeira, sancionado pela prefeita Fátima Gomes (PT), fica o município de Cariús como o ente responsável pelo procedimento de eutanásia e destinação final de animais portadores de Leishmaniose, capturados na cidade de Quixelô.

De acordo com acordo firmado, fica a Prefeitura de Quixelô a repassar mensalmente o montante de um salário mínimo, valor correspondente à captura mensal de até 12 animais a serem sacrificados.

A iniciativa da Prefeitura de Quixelô vem repercutindo de forma negativa nas redes sociais, e chegou ao conhecimento de vários órgãos de proteção dos animais e também nos meios políticos de Brasília.

O senador Álvaro Dias (Podemos) gravou um vídeo nas redes sociais lamentando a atitude da Prefeita Fátima Gomes, que ao invés de tratar os animais, quer sacrificá-los.

Uma vergonha!

segunda-feira, 23 de dezembro de 2019

Deputado Agenor Neto deve se filiar ao PSB


O deputado estadual Agenor Neto (MDB) pode entrar nas fileiras do Partido Socialista Brasileiro (PSB) já para as eleições de 2020.

A intenção de se filiar ao partido foi confirmada pelo próprio parlamentar, durante uma entrevista concedida na semana passada para uma emissora de rádio de Iguatu.

Além de Agenor Neto, que atualmente está no MDB, outros correligionários seus também deverão ingressar na legenda, como é o caso do ex-prefeito Aderilo Alcântara, que já comanda o PSB no município de Iguatu.

Conforme o deputado Agenor Neto, tudo deve passar pelas mãos do governador do Estado, Camilo Santana.

Nos bastidores da política estadual fala-se, até, que o próprio governador estaria dando adeus ao PT para se filiar ao PSB.

Vamos aguardar!

Ex-deputada Mirian Sobreira deve voltar atrás na decisão de se filiar ao PT


O tiro saiu pela culatra, e tudo indica que a ex-deputada Mirian Sobreira deve voltar atrás nas suas pretensões de se filiar ao Partido dos Trabalhadores de Iguatu.

A estratégia de Mirian se filiar ao PT estaria sendo viabilizada por meio do deputado federal José Guimarães.  O objetivo seria viabilizar o nome da ex-parlamentar para disputar a Prefeitura de Iguatu em 2020.

Nos bastidores, a conversa é de que o próprio senador Cid Gomes não teria gostado nem um pouco dessa estratégia de Mirian, e já teria dado um ultimato para a ex-deputada, que atualmente é filiada ao PDT, legenda controlada pela família Ferreira Gomes.





quarta-feira, 18 de dezembro de 2019

Texto da Reforma da Previdência do Estado vai a plenário nesta quinta (19)


O texto da Reforma da Previdência do governo Camilo foi aprovado, nesta quarta-feira (18), nas comissões técnicas, com uma emenda da deputada de oposição Fernanda Pessoa (PSDB).

O restante das outras emendas será apresentado em plenário. A tendência é votar a reforma nesta quinta (19), e limpar a pauta para o recesso parlamentar.

Na manhã desta quarta-feira (18) o clima ficou quente fora da Assembleia. Policiais do Batalhão de Choque tiveram que usar spray de pimenta para tentar conter os servidores e líderes sindicais que protestavam contra a reforma.

Além da reforma, deve ser votada nesta quinta-feira a Lei Orçamentária Anual (LOA).


segunda-feira, 16 de dezembro de 2019

Rolo compressor: Domingos Filho leva prefeito, vice e vereadores de Solonópole para o PSD


O Partido Social Democrático (PSD), comandado no Ceará pelo ex-vice-governador Domingo Filho recebeu nesta segunda-feira (16) mais uma adesão importantes para os quadros da legenda.

Trata-se do prefeito de Solonópole Webston Pinheiro, seu vice, Raimundo Arilo, além dos vereadores Paulo Sérgio Nogueira, Chagas Bezerra, Joãozinho, professor Júnior, Thiago Bastos, além de outras lideranças políticas.

Agindo dessa forma, o PSD vai ganhando musculatura para disputar o pleito de 2020.


sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

CID SE LICENCIA DO SENADO PARA CUIDAR DO "GADO SOLTO", DIZ ALIADO


O senador Cid Gomes já está afastado das suas atividades parlamentares no Congresso.

O pedetista também já assumiu a presidência regional do PDT, partido do qual ele faz parte, e a partir de agora passará a cuidar das articulações da legenda com vistas às eleições de 2020.

Atuando no comando do partido, Cid Gomes quer gerenciar conflitos em municípios onde o deputado federal André Figueiredo não teve pulso para resolver.

Será uma missão dura. O ex-governador não tem falado muito sobre o assunto, mas aliados seus garantem que a vinda do senador vai dar uma organizada no quadro político do Ceará, até porque, segundo um deputado estadual experiente, "o gado estava muito solto".


Reforma indigesta: Deputados de oposição criticam reforma da Previdência do Estado


Membros da base aliada do governo Camilo na Assembleia reconhecem que o peso da reforma da Previdência estadual é grande para os servidores estaduais.

Tanto que alguns deputados já acreditam que há margem para negociação nos percentuais, amenizando assim, um pouco, o peso das novas regras.

O cenário é de cautela entre os parlamentares. Nesta sexta-feira (13) não teve sessão na Assembleia. Havia no plenário apenas 12 deputados e são necessários 16 para abrir os trabalhos no plenário.

O clima é indigesto, principalmente às vésperas de um pleito eleitoral.

Deputados de oposição ao governo já pensam em pedir vistas da reforma, o que na verdade só poderá ser feito quando a matéria começar a ser discutida na Comissão de Constituição e Justiça, a partir do dia 23.

Até lá a oposição critica a pressa em aprovar uma matéria complexa. O governo já escalou a sua tropa de choque e se prepara para os debates.


segunda-feira, 2 de dezembro de 2019

Obras do abatedouro público de Quixelô se arrastam há anos


Em Quixelô, no Centro Sul do Estado, a falta de inspeção sanitária no abate de animais para o consumo humano, tornou-se um caso de saúde pública.

Tudo por conta da falta de um abatedouro público na cidade. O projeto até existe, no entanto permanece em construção há mais de 5 anos. Uma obra sem fim.

Já foram gastos na construção do equipamento mais de 1 milhão de reais. Dinheiro do povo, que já deveria ter gerado resultados positivos para a população.

A prefeita do município, Fátima Gomes (PT), pouco fala sobre o assunto. A construção do abatedouro foi promessa de campanha da gestora, em 2012 e 2016.

E, enquanto a obra não sai, o povo permanece calado, quieto, consumindo a chamada "carne de moita", um risco iminente, que ameaça a saúde do povo.

É uma vergonha!