sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Deputados incomodados com avanço do PSD no Ceará falam em suposta venda de emendas

Audic Mota afirmou que o PSD estaria supostamente utilizando influência política em Brasília
O avanço do PSD no Estado do Ceará tem chamado a atenção de alguns deputados do MDB, do Solidariedade e do Partido Democrático Trabalhista (PDT).

Na quinta-feira, 31, parlamentares chegaram a ocupar o plenário da Assembleia Legislativa para se queixarem do "assédio” aos prefeitos aliados. 

Audic Mota (PSB), adversário de Domingos Filho, puxou o assunto. Ele disse que o crescimento do PSD no Ceará não se deve a causas republicanas, e sim a abuso econômico e de poder.

Audic afirmou ainda que o PSD estaria supostamente utilizando influência política em Brasília, para atrair novos quadros para o partido.

Já o deputado Daniel Oliveira denunciou a suposta “venda” de emendas, em troca de filiação.

Outro deputado que não tem gostado das movimentações políticas envolvendo o PSD é Tin Gomes (PDT), que também desconfiou do modus operandis de Domingos Filho para conduzir a legenda.
No Ceará, como diz o velho jargão político, o jogo está começando a ser jogado. 

Quem viver, verá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário