quarta-feira, 30 de outubro de 2019

Professores de Iguatu vão à Câmara pedir apoio para suas demandas

Professores se manifestaram no auditório da Câmara de Iguatu - Foto: Luiz Vasconcelos
Professores da rede pública municipal de ensino de Iguatu, com apoio do Sindicato (SINPROFI), estiveram nesta terça-feira (29) na Câmara Municipal para solicitarem o apoio dos parlamentares da Casa na luta pelos seus direitos.

Os educadores lutam pelo descongelamento do anuênio. O prefeito de Iguatu, Ednaldo Lavor, tem se mostrado irredutível com as demandas da categoria. Recentemente, o gestor apresentou proposta para implantar o benefício no salário dos professores somente a partir de 2017. Não houve acordo.

Os professores querem seus anuênios de forma integral, e até aceitam negociar, se as contas que recebem os recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) forem abertas.

A situação dos servidores da Educação de Iguatu é dramática. Há uma preocupação com a finalização do ano letivo.

Por conta do estado de greve, a carga horária nas escolas foi reduzida. Pais e mães de alunos também têm se mostrado preocupados. Muitos não querem deixar seus filhos na escola por um período mais curto. Os educadores cumprem determinação da Justiça.

E enquanto isso, o prefeito Ednaldo se mostra insensível. Não chama os professores para uma conversa olho a olho. Prefere mandar recados. 

Que vergonha!



Nenhum comentário:

Postar um comentário