domingo, 29 de setembro de 2019

Lula e o uso da tornozeleira eletrônica


O ex-presidente Lula já pode pedir a progressão de regime para cumprir pena em prisão domiciliar. No sábado, dia 26, o petista completou um sexto da pena, tempo necessário, segundo o código Penal, para solicitar o benefício.

Lula está há 539 dias preso na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, condenado a 8 anos, 10 meses e 20 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do Tríplex do Guarujá.

Na sexta-feira (27), a força tarefa da Lava Jato no Paraná se manifestou a favor da prisão domiciliar de Lula. Na prisão, o ex-presidente tem tido um bom comportamento e já leu 15 livros, segundo a sua assessoria.

Apesar da possibilidade de sair da prisão, o ex-presidente já declarou que não vai fazer o pedido, pois pretende ir para casa somente depois de eventual absolvição ou anulação da sentença.

Lula também rechaça a possibilidade de usar tornozeleira eletrônica.


Nenhum comentário:

Postar um comentário