quarta-feira, 25 de setembro de 2019

Justiça determina suspensão da greve dos professores de Iguatu


O Tribunal de Justiça do Ceará (TJ/CE) determinou, em caráter liminar, a suspensão da greve deflagrada na última segunda-feira (23) pelos professores da rede municipal de ensino de Iguatu.

A decisão é do desembargador Inácio de Alencar Cortez Neto. Conforme a decisão, os educadores devem retornar de forma imediata ao trabalho bem como devem se abster de impedir a entrada nas escolas públicas municipais de alunos, funcionários e professores, sob pena de multa diária ao Sindicato no valor de R$ 5.000,00.

Uma audiência de conciliação entre as partes foi marcada para o dia 9 de outubro, às 9h, na sala de Sessão de julgamento da 3ª Câmara de Direito Público, em Fortaleza.

Em entrevista, na manhã desta quarta-feira (25), a advogada do Sindicato dos Professores (Sinprofi), Paula Alexandre, disse que a categoria recebeu a decisão com tranquilidade, e que a determinação da Justiça será devidamente respeitada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário